Bruno Ganem completa 3 anos como deputado

Publicado por Bruno Ganem em

Em março, o deputado Bruno Ganem completou três anos na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Desde então, o parlamentar de Indaiatuba acumulou diversas ações em áreas como a causa animal e recursos que beneficiaram centenas de cidades em todas as regiões do Estado. Foram três leis aprovadas, duas delas que visam a proteção dos animais. Para Indaiatuba foram enviados recursos para todas as áreas, incluindo compra de equipamentos para o hospital, passando por educação e a construção de um novo prédio para o Fórum.

O principal projeto, que virou lei sancionada, é a proibição de fogos de estampido no Estado. “Este projeto salva vidas. Fogos que fazem um barulho enorme causam sofrimento para animais e também para idosos e autistas. É um pedido da sociedade que ganhava cada vez mais espaço e nós ouvimos. Todos ganham com essa lei”, avalia.

Outra lei em vigor de autoria de Ganem é a que prevê a denúncia de maus-tratos pelo condomínios. “Assim como existe a lei para que os casos de violência contra a mulher sejam informados às autoridades, agora os maus-tratos contra animais também seguem o mesmo padrão”, diz. Foram enviados recursos para diversas cidades em todas as regiões do estado que promoveram mais de 120 mil castrações.

Para Indaiatuba, Ganem enviou emendas para diversas áreas. Na saúde foram enviados recursos que tornaram possíveis as realizações de exames e a compra de equipamentos para o Haoc, hospital que atendeu as pessoas infectadas com covid durante a pandemia. Está em fase final de construção o novo prédio do Fórum da cidade, com emendas enviadas por Ganem. Além disso foram reformadas dezenas de escolas também com recursos parlamentares, além do custeio de diversas entidades da cidade como Bombeiros, Apae e instituições que cuidam de pacientes oncológicos (Volac) e crianças (Educandário).

Dos três anos no parlamento, Bruno Ganem é o deputado com mais projetos apresentados em dois deles, sendo consecutivos. “Isso é fruto de um contato direto com a população. Nós ouvimos os pedidos, sugestões, demandas e unimos forças para mudar o que as pessoas nos relatam”, afirma. São 137 projetos de lei apresentados, mais de 4,3 mil ofícios e mil indicações até o momento.

Categorias: Notícias

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.