Seu Arnaldo e o legado de amor aos animais em Itapetininga

Publicado por Bruno Ganem em

Seu Arnaldo, de 77 anos, percorria diariamente cerca de 40 quilômetros na cidade de Itapetininga (SP) para tratar dos animais que estavam pelo caminho. Ele deixava água, comida e cuidava dos doentes. Ele fez isso nos últimos 15 anos de vida e infelizmente foi vítima da Covid há alguns meses. Com isso, os animais que ele cuidava acabaram ficando órfãos de um amigo tão importante.

O deputado Bruno Ganem, sensibilizado pelo caso, foi até Itapetininga levar uma doação de ração que irá ajudar as ONGs da cidade a tutelar os animais que o seu Arnaldo cuidava. “É uma história que inspira. Para nós que convivemos com a causa animal, é uma grande oportunidade de agradecer por conhecer um legado desses.”

A filha dele, Simone, recebeu Ganem na casa onde seu Arnaldo viveu. “Ele não imaginava que isso que ele fazia ia tomar essa proporção. Ele tinha os animais como xodós. Foi algo que Deus colocou na vida dele e a cidade abraçou depois que ele partiu”, diz ela.

Na visita, Ganem também conheceu a esposa, dona Inês, que levava a tiracolo a Fia, uma das cachorrinhas que ficam na casa da família. “Com certeza ele deixa um grande legado e com a ajuda da Prefeitura que se comprometeu e as protetoras, os animais não ficarão órfãos.”

Fia, a cachorrinha, no colo da dona Inês, esposa do seu Arnaldo.
Bruno Ganem e a prefeita de Itapetininga, Simone Marquetto.
Doação de ração para os animais do seu Arnaldo.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *