Dia Mundial de Combate ao Câncer: lei do deputado Bruno Ganem auxilia pacientes oncológicos

Publicado por Bruno Ganem em

Quinta-feira, 8 de abril, é lembrado o Dia Mundial de Combate ao Câncer. O deputado Bruno Ganem (Podemos) é autor do projeto que virou lei há algumas semanas. O texto beneficia milhares de pacientes oncológicos em todas as cidades do Estado de São Paulo. A Lei 7.335/21 prevê fila preferencial para as pessoas que estão tratando o câncer. Aprovada por todos os deputados estaduais, foi sancionada pelo governador.

“Só quem convive com pacientes neste momento tão difícil sabe o quanto a rotina pode se tornar cansativa”, afirma Ganem. “O objetivo deste projeto é tirar da frente possíveis dificuldades de quem está passando, talvez, pelo momento mais delicado da vida. Este tempo que a pessoa não está perdendo em uma fila é um tempo a mais em tratamento e com a família, que pode aumentar muito a chance de cura.”

O Dia Mundial de Combate ao Câncer serve para conscientizar a população mundial sobre os cuidados de prevenção da segunda doença que mais mata pessoas em todo o mundo. As causas para o surgimento do câncer podem ser as mais variadas possíveis, desde motivos externos – como o ambiente, costume ou hábitos que o indivíduo possui – até fatores internos, como características geneticamente predeterminadas.

Câncer no Brasil

No Brasil, também é considerada a segunda doença que mais mata, em especial o câncer de pele. O principal objetivo do Dia Mundial do Combate ao Câncer é informar as pessoas sobre a importância de consultar sempre médicos e estar atento à saúde, para evitar o crescimento dessa doença.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, os tipos de câncer que mais atacam os brasileiros são câncer de pele, próstata, mama, cólon e reto, pulmão e de estômago. A maioria deles, caso seja diagnosticado precocemente, tem chance muito grande cura, por isso a importância da prevenção e conscientização.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *